Irmãs Catequistas de Santa Ana

WEBSITE

www.icsantana.org.br

 

CASAS DE FORMAÇÃO

Casa Geral

Rua Mário G. César, 350
Caixa Postal, 23543 – Pinheirinho
81150-570 CURITIBA – PR
Fone: 41 3246-2912
ircsantana@brturbo.com.br

Noviciado

Caixa Postal, 22
84560-000 RIO AZUL – PR
Fone: 42 3463-1333

Casa de Oração Pe. Emiliano J. Ananevicz

Caixa Postal, 32
84635-000 PAULO FRONTIN – PR
Fone: 42 3543-7001
icsajananevicz@yahoo.com.br

A Congregação das Irmãs Catequistas de Santa Ana é uma comunidade religiosa, nascida para atuar prioritariamente, mas não exclusivamente, no meio eclesiástico de rito oriental bizantino-ucraniano. É a única Congregação de rito oriental fundada no Brasil.

 História

O fundador

3.2.3-4 BrasãoA Congregação foi fundada pelo Pe. Emiliano J. Ananevicz, sacerdote diocesano, nascido na Ucrânia. No ano de 1911, após sua ordenação presbiteral, parte para a Argentina a fim de dar atendimento pastoral aos imigrantes ucranianos daquele país.

No ano de 1917, o Pe. Emiliano transfere-se para o Brasil, fixando residência em Mallet, Paraná. Foi nessa paróquia que ele fundou a Congregação, no dia 24 de maio de 1932, inicialmente chamada de “Irmãs da Terceira Ordem de São Francisco”.

Em 1938, após incumbir a direção da Congregação ao seu colega Pe. Metódio Koval, o Pe. Emiliano foi aos Estados Unidos para realizar sua aspiração pessoal: tornar-se religioso franciscano. Ingressa na Ordem dos Frades Franciscanos Menores da província americana de rito oriental, fundando e iniciando assim o ramo bizantino-ucraniano da Ordem Franciscana. Faleceu em Sybertsville, no dia 03 de maio de 1964.

A nova Congregação

No Brasil, o projeto do Pe. Emiliano vinha ao encontro das reais necessidades do povo pobre e iletrado. As irmãs, antes de tudo, deviam ser agentes de ensino e formação religiosa, dedicando-se às crianças e aos jovens, embora atuando num meio restrito à imigração ucraniana.

A partir de múltiplas dificuldades encontradas na Paróquia de Mallet, o Pe. Emiliano começou a preparar algumas jovens para serem professoras-catequistas. O plano do padre recebeu apoio de D. Constantino Bohatchevsky, bispo da Filadélfia, EUA, quando este veio ao Brasil, em 1930, em visita aos ucranianos católicos.

Em 1930, o Pe. Emiliano pede às Irmãs de São José de Curitiba, para acolher três jovens de sua Paróquia a fim de prepará-las para a vida religiosa e qualificá-las para exercerem o magistério.

A aprovação da nova comunidade consagrada, inicialmente com o nome de Irmãs de Terceira Ordem de São Francisco, veio em 24 de maio de 1932, do bispo de Ponta Grossa, D. Antônio Mazarotto, que designou o Pe. Emiliano como diretor e orientador espiritual e como sede a paróquia ucraniana de Mallet (Prot. nº 919, Livro nº 01).

No dia 17 de setembro de 1932, as três primeiras irmãs recebiam o hábito franciscano. Uma delas, Ir. Francisca Vodonis, considerada como co-fundadora da comunidade, faleceu em 29 de fevereiro de 1999, com 94 anos de idade.

Mesmo limitando sua atuação em comunidades de rito oriental, a instituição teve, nas décadas subsequentes, um considerável crescimento, tanto no número de seus membros, como de sedes.

Através de novas Constituições aprovadas por Sua Emcia. Revma, Cardeal Dom Jaime de Barros Câmara, Arcebispo do Rio de Janeiro e Ordinário dos Católicos Orientais no Brasil, com o Decreto de 08 de fevereiro de 1956, a Congregação foi reorganizada e transformada em “Congregação das Irmãs Catequistas de Santa Ana”, de direito diocesano.

No Capítulo Geral da Congregação, realizado m Curitiba, Paraná, de 19 a 21 de dezembro de 1976, de acordo com as diretrizes e dentro do espírito e das normas do Concílio Vaticano II, estas Constituições foi revisadas e aprovadas por Sua Excia. Dom. José R. Martenetz, OSBM – Eparca e por Dom. Efraim Basílio Krevey, OSBM, então Bispo Coadjutor, pelo Decreto 1012/77, de 08 de agosto de 1977.

No VII Capítulo Geral, realizado de 17 a 21 de dezembro de 1991, com a presença de 32 Irmãs capitulares, presidido por Sua Excia Dom Efraim Basílio Krevey, OSBM – Eparca, e assessorado pelo Revmo. Pe. Marciano Pensak, OSBM, estas Constituições foram novamente revisadas e reestruturadas, obtendo um resultado aprobatório do Eparca Dom Efraim “ad experimentum” para 6 anos.

Com a dissolução da União Soviética, a Congregação, nascida no Brasil, começou sua atuação na Ucrânia, país natal do seu fundador. Naquele país, a Congregação já possui seu noviciado e hoje conta com alguns membros atuantes em quatro comunidades. A Congregação também expandiu suas atividades até Roma, onde exerce suas atividades.

Carisma e espiritualidade

Além da santificação própria, da autêntica vivência do Evangelho e das Constituições da Congregação, as Irmãs dedicam-se ao ensino religioso-catequético e a atuação na área da educação, tendo em vista formar a pessoa humana em todas as suas dimensões, à luz da fé cristã.

As irmãs dedicam-se também à pastoral nas paróquias, às obras de caridade em hospitais e asilos; zelo pelo adorno e conservação de igrejas e capelas, conforme as exigências e orientações emanadas da Santa Sé ou elaboradas pela Eparquia.

Casas

Casas próprias:

  1. Curitiba – Bairro Pinheirinho – PR (Sede Geral)
  2. União da Vitória – PR (Pensionato São José)
  3. Rio Azul – PR (Noviciado)
  4. Mallet – PR (Casa de Repouso São Francisco)
  5. Pato Branco – PR (Escola Santa Ana)
  6. Alto Paraíso – Bom Sucesso do Sul – PR (Escola)
  7. Vera Guarani – Paulo Frontin – PR (Casa de Oração)
  8. Irineópolis – SC (Lar de Idosos)
  9. Briuchovicz – Ucrânia – Noviciado
  10. Lviv – Ucrânia – Administratura da Congregação

Casas de formação:

  1. Noviciado Santa Ana – Rio Azul – PR
  2. Noviciado Santa Ana – Briuchovicz – Ucrânia

Casas não próprias:

  1. Lar de Nazaré – União da Vitória – PR
  2. Lar S. Vicente de Paula – Pato Branco – PR
  3. Madonna Dei Monti – Roma
  4. Metropolia S. Jorge – Lviv – Ucrânia
  5. Paróquia Santa Ana – Lviv – Ucrânia

Atividades

No Brasil:

– Na área da Educação Infantil e 1º Grau (02 escolas);

– Pastoral (abrangendo Catequese, Apostolado da Oração, MEJ em 3 Paróquias e em 11 Capelas);

– Na área da saúde (01) hospital;

– Caridade fraterna e fortalecimento da fé cristã (03) Lares de Idosos;

– Formação de novos membros da Congregação (01 casa);

– Casa de Oração: retiros, encontros, cursos… (01 casa).

No exterior:

– Serviços prestados à Igreja em vários setores:

            . Metropolia São Jorge – Lviv – Ucrânia;

            . Casa de Oração – Briuchvicz – Ucrânia;

            . Paróquia Santa Ana – Lviv – Ucrânia;

            . Casa da Administratura da Congregação – Lviv – Ucrânia: (atendimento a estudantes);

– Administração Geral da “Casa per Ferie” e atendimento pastoral na Paróquia Santos Sérgio e Bacco – Roma – Itália.